Nathaniel Woods

2 DE Março DE 2022

O que significa para si a justiça? Até onde é que vai por ela? E até que ponto é que nós podemos decidir num piscar de olhos o destino de outra pessoa? Esta série vai desafia-lo a questionar-se sobre o valor da vida Humana, o poder de um erro mal calculado e letalidade da incerteza.

O Alabama é o Estado Americano com mais prisioneiros no corredor da morte per capita. É também o único estado que não requere unaminidade dos júris para esta sentença. O caso de Nathaniel Woods levanta perguntas sobre quem merece viver ou morrer e sobre a justiça da pena de norte nos Estados Unidos da América. Nathaniel Woods, um homem afro-americano, foi condenado à morte por assassinato de três polícias, apesar de nunca ter tocado na arma do crime. “Pai, eu amo-te” – disse, antes de ser levado para a execução –  “Mas quando sairem destes portões hoje, eu vou sair com vocês, vocês não vão saber mas eu vou estar lá”. Kerry Spencer escreveu numa carta em suporte ao Sr. Woods: “Nathaniel Woods é 100% inocente. Eu sei que isto é verdade porque fui eu quem matou os três agentes da policía.”

Nathaniel Woods foi executado por injeção letal, a 5 de março de 2020. Uma investigação do “The New York Times” examina tudo o que sucedeu naquele dia fatídico, bem como os capítulos mais controversos do julgamento. Estreia sábado às 21h15 no canal Crime e Investigação- atreve-se?

 

También te puede interesar